Comunicação via satélite reforça monitoramento territorial da Funai na Amazônia Legal

AntenasNuma parceria entre a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), 41 novas antenas de comunicação via satélite (VSATs) foram instaladas nos últimos meses em pontos da Amazônia Legal nos estados do Mato Grosso, Pará, Amazonas, Rondônia e Acre. O objetivo é reforçar o monitoramento das terras indígenas, bem como melhorar o sistema de comunicação nas unidades descentralizadas da Funai e em aldeias da região.

  

Segundo o coordenador de Informação Territorial da Funai (COIT), Greison Moreira, em muitos lugares, as antenas são o único meio de comunicação das comunidades e das unidades da fundação em regiões isoladas. "A ação beneficia diversas aldeias e contribui com o trabalho que acontece nas pontas via Coordenações Regionais, Coordenações Técnicas Locais e Bases de Proteção Etnoambiental da Funai", comenta o coordenador.Antenas2

 

A inciativa faz parte programa Governo Eletrônico - Serviço de Atendimento ao Cidadão (GESAC), gerenciado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), que oferece conexão à internet, via terrestre e satélite, em localidades remotas na Amazônia Legal. O programa está em fase de substituição das antigas antenas pelos novos terminais. O sistema anterior tinha velocidade média de 560 Kbps, já o atual chega a 10 Mbps e apresenta menor peso e tamanho.

 

Por meio de parcerias institucionais, o Censipam fornece atualmente mais de 500 terminais de comunicação via satélite a órgãos e entidades em toda a Amazônia Legal. O Centro também disponibiliza à Funai outros produtos para monitoramento ambiental e territorial. Entre eles, estão o mapeamento de áreas de garimpos irregulares e imagens de satélite para identificar desmatamento em terras indígenas.

 

 

Assessoria de Comunicação / Funai

com informações da COIT e do Censipam

 

 

Destaques

class=(Sorriso-MT, 18/09/2020) O Governo Federal entregou nesta sexta-feira (18) 1.665 Títulos de Domínio (TD) para famílias de agricultores assentados de Mato Grosso. A cerimônia contou com a presença do presidente Jair...

class=Em parceria com o Museu do Índio, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) convida crianças e adolescentes indígenas, entre 3 a 15 anos, a mostrar o seu talento e criatividade para participar da montagem da...

class=O canal do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) no Youtube realiza no próximo sábado (19), às 16h, a live 'O Céu Tikuna em Movimento'. A Live apresenta as interpretações do céu pela etnia Tikuna, trazendo um olhar diferente da astronomia ocidental.

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05