Campeonato da Língua Pamoari resgata cultura dos Povos Paumari e Apurinã no Amazonas

paumari cpCinco comunidades indígenas dos Povos Paumari e Apurinã participaram da 5ª edição do Projeto de Ampliação do Vocabulário Através do Diálogo para Fortalecer a Língua Paumari (Vara Akhanina Vani Aabono Anadanova Ariathi Aogarikia). O evento é dividido em categorias como natação, corrida, competição de apneia debaixo d'água, e o mais representativo: a competição de criação de narrativas na língua originária de ambas etnias.

 

A comunidade vencedora desta edição do projeto, também conhecido como Campeonato da Língua Pamoari, foi a comunidade Ilha da Onça, em segundo lugar ficaram empatadas as comunidades de Morada Nova e Extrema. Para Edilson Palmari, o projeto visa fortalecer os povos indígenas por meio da valorização da língua originária. "Coletamos material para elaboração de livros didáticos bilíngues, produzimos desenho animado a partir das histórias selecionadas pelo júri e gravamos músicas tradicionais durantes as atividades", salienta o idealizador do Programa Sou Bilíngue Intercultural. Por meio do programa os jovens indígenas aprendem mais sobre o idioma nativo.

paumari fEstiveram presentes na edição realizada entre os dias 11 e 13 de janeiro, as seguintes entidades:

- Coordenação Regional Médio Purus (Funai);
- Coordenação Técnica Local de Lábrea/AM (Funai);

- Federação das Organizações e Comunidades Indígenas do Médio Purus (Focimp);

- Organização de Articulação do Desenvolvimento do Povo Paumari e Apurinã (OADPAM);

- Movimento dos Estudantes Indígenas de Lábrea (MEIL);

- Secretaria de Estado de Juventude Esporte e Lazer do Estado do Amazonas (SEJEL);

- Conselho Distrital de Saúde Indígena (Condisi); e

- Distrito Sanitário Especial Indígena do Médio Purus/AM.

paumari e


Assessoria de Comunicação Social / Funai