Funai inaugura Sala de Apoio à Amamentação Mocamby

mamae c ed"Se as coisas são inatingíveis, ora! Não é motivo para não querê-las. Que tristes os caminhos, se não fora a presença distante das estrelas!" A frase de Mário Quintana foi citada pela servidora e futura mãe, Rafaela Rocha, para exemplicar a luta das servidoras e servidores da Funai, desde 2013, para que hoje fosse inaugurada o que antes parecia inatingível: a Sala de Apoio à Gestante e à Amamentação – Mocamby, na Sede da Funai.


O nome Mocamby, de origem Tupinambá, significa "amamentar, aleitar, lactar" e foi escolhido pela Indigenistas Associados (INA), que abraçou a pauta, desde 2013, e se tornou uma conquista de todas e todos. O espaço é um local de acolhimento adaptado e destinado às servidoras, colaboradoras e usuárias gestantes e lactantes dos serviços da Funai numa das melhores fases da vida, com todo cuidado que este momento exige.


Para que as servidoras da Funai sede consigam cumprir a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde (MS) de amamentar por 2 anos ou mais, sendo exclusivamente no peito nos 6 primeiros meses, é fundamental que, após a licença-maternidade, receber apoio de seu local de trabalho.

 

mamae a edAs lactantes que se afastam de seus filhos em virtude do trabalho precisam esvaziar as mamas durante o expediente, para aliviar o desconforto e para manter a produção de leite. Na maioria das vezes não há, nos ambientes de trabalho, um espaço apropriado, o que impede que a mulher aproveite o leite retirado para oferecer ao seu filho posteriormente ou para ser doado a bancos de leite.

Para a instalação da sala, observou-se a Resolução da Anvisa (RDC nº 171, de 4 de setembro de 2006) que estabelece, dentre outros parâmetros: dimensionamento de 1,5 m2 por cadeira de coleta, instalação de um ponto de água fria e lavatório, para atender aos cuidados de higiene das mãos e dos seios na coleta; freezer ou refrigerador com congelador e termômetro, para monitoramento diário da temperatura, para guardar exclusivamente o leite materno; Ambiente favorável (tranquilo, com privacidade e confortável) ao reflexo de descida do leite. Recomenda-se que a cada 400 trabalhadoras em idade fértil seja disponibilizada uma poltrona para a retirada do leite do peito. A sala deve possuir ventilação e iluminação, preferencialmente natural, ou prover a climatização para conforto, conforme preconizado na Resolução RE/ Anvisa nº 9, de 16 de janeiro de 2003.

Pensando nisso, a sala conta com uma geladeira para armazenamento exclusivo de leite materno em recipientes adequados e identificados (que devem ser trazidos pela usuária), um microondas para aquecimento de água e leite, duas poltronas de amamentação, um biombo (todos esses doados pela Ina), uma pia para higienização de recipientes, outra pia com espelho para higienização de mãos e seios na coleta e um trocador.

A luta pela qualidade de vida de todas as servidoras e servidores da Funai, especialmente pensando em um Plano Familiar Infantil, está nos princípios da Ina, que realizou, ao longo desse período, diálogos com o Serviço de Atenção à Saúde do Servidor - SEASS da Funai, de forma a tornar a ideia possível. Ao dar maior conforto e valorizar as necessidades das servidoras, a Funai proporciona qualidade de vida para elas.

mamae b ed

(continua na página 2)

Destaques

class=Uma estratégia inovadora de desenvolvimento sustentável nas comunidades indígenas foi classificada em uma seletiva de projetos a serem financiados pelo Fundo dos Interesses Difusos (FID), da Secretaria da Justiça e Cidadania...

class=

 

Um processo de diálogo e discussão entre os habitantes da Terra Indígena (TI) Jarawara/Jamamadi/Kanamati para a construção do Plano de Gestão Ambiental e Territorial (PGTA) Jarawara e Apurinã foi concluído no mês de outubro. Na aldeia Água Branca, município de Lábrea/AM, uma oficina apoiada e financiada pela Coordenação-Geral de Gestão Ambiental (CGGAM), Coordenação Regional Médio Purus e Coordenação Técnica Local em Lábrea arrematou os quase sete anos do processo de definição para o uso dos recursos naturais da TI.

class=Em parceria com a Secretaria de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde e com o Governo do Estado do Amapá, a Funai acompanhou o trabalho de levantamento topográfico de 12 pistas de pouso na região. O objetivo é...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05