Funai coopera com recadastramento eleitoral de comunidades Xavante de Barra do Garças-MT

xavante aCerca de 1.700 eleitores A'uwẽ Uptábi Xavante da Terra Indígena São Marcos devem realizar o recadastramento biométrico até o dia 29 de março. Durante este mês, um ônibus da prefeitura de Barra do Garças-MT tem feito o transporte diário de aproximadamente 100 indígenas até a sede do município para que possam se recadastrar. A Funai é uma das instituições que colaboram com a medida.


O titular da Coordenação Regional Xavante da Funai, Carlos Henrique da Silva, ressaltou a importância da Fundação no cumprimento de sua função institucional. "Estamos contentes de efetivar a principal prerrogativa da Funai: coordenar a política indigenista, que é papel de todo o Estado brasileiro. Essa iniciativa só se tornou viável graças ao efetivo envolvimento das lideranças e comunidades A'uwẽ Uptábi, que acompanham e participam das atividades desde o planejamento até a execução", afirmou.

 

A integração entre os órgãos públicos foi ressaltada pelo presidente da Câmara dos Vereadores, Dr. Joãozinho: "É muito importante a união para o atendimento dessa demanda tão legítima dos nossos munícipes Xavante. É governança para quem realmente precisa", disse o vereador. O recadastramento biométrico é obrigatório para o eleitorado de 26 municípios de Mato Grosso. Atualmente, mais de um milhão de eleitores do estado já fizeram o cadastramento. A expectativa do Tribunal Regional Eleitoral é atingir o percentual de 75% de eleitores cadastrados biometricamente, até o final do prazo, no próximo dia 29 deste mês.

Com apoio da CR Xavante, o recadastramento dos indígenas atende à recomendação do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso por meio da 9ª Zona Eleitoral. O projeto conta com a participação da Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores, Cartório Eleitoral e Funai.


Assessoria de Comunicação Social/Funai,

com informações da Coordenação Regional Xavante

Destaques

class=O turismo é um setor da economia com muitas especificidades. Para se tornar uma atividade exitosa, na maior parte das vezes, depende da história, cultura e tradição de cada povo. As narrativas e peculiaridades de uma...

predio.jpgA nomeação de Rogério Guimarães para atuar na Diretoria de Administração e Gestão (DAGES), na última quinta-feira (14), completa a formação da nova equipe de diretores da Funai. Indicados pelo presidente Franklimberg de...

class=Começa hoje (20), no Rio de Janeiro, o Seminário Internacional sobre Atuação Indígena em Pesquisas Colaborativas e Valorização de Conhecimentos, uma co-produção da People's Palace Project e da Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) com apoio da Funai, via Museu do Índio, Queen Mary University of London e Fundação Planetário do Rio. Pesquisadores indígenas e não indígenas de dez países se reúnem entre os dias 20 e 22 de março para discutirem questões como o papel da academia na construção de narrativas que considerem saberes e costumes de povos tradicionais, criação de abordagens que incluam e respeitem os povos ancestrais e outros assuntos. 

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05