Parceria objetiva qualificar 70 indígenas no Mato Grosso

reuniaocuiabaNo último dia 7, uma reunião realizada na Coordenação Regional de Cuiabá estabeleceu uma parceria institucional entre Funai e Instituto Federal do Mato Grosso. A premissa do encontro foi a realização de um Projeto de Formação de Agentes Administrativos e Gerencial de indígenas dos Povos Haliti Paresi, Manoky e Nambikwara. O projeto terá aulas presenciais nos campus do IFMT nos municípios de Tangará da Serra e Campo Novo dos Parecis em caráter modular, além de etapas intermediárias nas aldeias e organizações indígenas.


Uma das temáticas do curso está voltada ao associativismo, no intuito de atender um melhor gerenciamento das associações indígenas e ações sociais mais planejadas. Por sua vez, o ensino de práticas de cooperativismo objetiva a gestão eficaz das cooperativas indígenas e das atividades agrícolas. Já o aprendizado de gestão comunitária auxiliará as comunidades no sentido de estabelecer uma melhor gestão dos seus recursos financeiros, materiais e patrimoniais, com ênfase em investimentos econômicos sustentáveis.

 

A previsão de execução do projeto é para o segundo semestre de 2019, de junho a dezembro. A expectativa é de que sejam contemplados cerca de 70 indígenas, sendo 35 em cada Campus. "Dada a complexidade e custos para a implementação de políticas públicas em comunidades indígenas, as parcerias são fundamentais para o sucesso dessas iniciativas", enalteceu o coordenador regional da Funai em Cuiabá, Benedito Garcia.

 

Assessoria de Comunicação