Presidentes do Senado e da Funai entregam R$ 2,5 milhões em equipamentos para comunidades indígenas do Oiapoque

OIAPOQUE BOs presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e da Funai, Franklimberg de Freitas, entregaram, no último sábado (9), 12 voadeiras e oito motores de geração de energia que beneficiarão 52 aldeias indígenas de Oiapoque (AP). Os equipamentos fazem parte da segunda etapa da emenda parlamentar apresentada pelo senador, no total de quase R$ 2, 5 milhões.

 

Em 2017, Alcolumbre e Freitas entregaram a primeira parte do material, no valor de R$ 800 mil, e o senador prometeu que empenharia mais R$ 1,5 milhão em 2018 para as comunidades que não haviam sido contempladas com as aquisições. Os indígenas poderão ter acesso à saúde e educação, pautas reivindicadas por eles há 20 anos.

Representando os povos indígenas do Oiapoque, o cacique Gilberto Iaparrá comemorou a chegada dos equipamentos. "Hoje nós queremos fortalecimento e melhoria para trabalharmos e contribuirmos com a nossa população. Queremos agradecer ao senador Davi por contribuir como senador e presidente do Senado para que possamos ter uma vida melhor nas nossas comunidades."

Franklimberg também se mostrou grato ao cumprimento da promessa de Alcolumbre a favor dos povos indígenas: "Como presidente da Funai, eu tenho percorrido, por obrigação institucional, inúmeras comunidades indígenas. Em poucos locais do Brasil nós temos oportunidade de ver materializado um compromisso de um político numa emenda parlamentar como vemos este realizado pelo senador Davi aqui no Oiapoque. No ano passado, nós estivemos aqui entregando 23 geradores de energia, sete voadeiras e seis motores de popa e o senador prometeu que voltaria aqui para entregar mais equipamentos. Hoje, com o apoio dos nossos servidores da Coordenação Regional de Macapá, podemos ver mais uma promessa dele se cumprindo. Sabemos que o orçamento da Funai é deduzido. Por isso, nos dá muita alegria saber que podemos contar com o apoio do Senado Federal."

 

equipamentos oiapoque

Alcolumbre elogiou o trabalho da Funai em prol dos povos indígenas e prometeu reforçar o orçamento da instituição. "No que depender de nós, sempre terá uma emenda de bancada para ajudar os povos indígenas. Tenho sido um defensor permanente das comunidades indígenas do Amapá e me orgulho de ser um dos parlamentares que mais tem apresentado emendas para atender às necessidades das nossas comunidades", afirmou o presidente do Senado. 

Na ocasião, o cacique Gilberto Iaparrá solicitou ao presidente da Funai a entrega da carteira indígena para que eles possam transitar entre Oiapoque e São Jorge, na Guiana Francesa, e lideranças indígenas dos povos do Oiapoque (Karipuna, Galibi Maruoino, Galibi Kalina e Palikuna Arukwayene) entregaram uma carta aberta à Franklimberg contendo 20 reivindicações. O presidente prometeu analisar uma a uma.

Participaram da entrega a prefeita do Oiapoque, Maria Orlanda; o vice-prefeito indígena Erlis; os vereadores Cacique Luís e Matias; os deputados federais André Abedon e Luiz Carlos; o senador Lucas Barreto; lideranças indígenas da região; o coordenador regional da Funai de Macapá, Paulo Negreiros, e servidores da Coordenação Técnica Local de Oiapoque.



Priscilla Torres
Assessoria de Comunicação/Funai