Helicóptero auxiliará atendimento à população indígena no Amazonas e Pará

helicopteroO atendimento médico e hospitalar aos povos indígenas de Parintins-AM e de mais seis municípios - do Amazonas e do Pará - foi aprimorado no último mês. O Distrito de Saúde Especial Indígena – DSEI passou a ter à disposição um helicóptero, que assistirá a uma população de cerca de 17 mil pessoas, distribuídas em três terras indígenas - Andirá/Maraú, Nhamadú/Mapuera e Kaxuyana/Tunayna -, que abrangem juntas um território de mais de 4 milhões de hectares, área comparável ao estado do Rio de Janeiro ou à Dinamarca.

 

As ações realizadas pela aeronave possuirão diversas naturezas. O equipamento, que tem capacidade de transportar até 06 passageiros, viabilizará atividades de imunização, entrada e saída das equipes multidisciplinares de saúde indígena, entrada de equipamentos e insumos médicos/hospitalares e odontológicos, acompanhamento de obras em execução e remoção de pacientes para consultas eletivas e de urgência e emergência. O serviço de horas de voo será disponibilizado através de processo emergencial para contratação de empresa especializada em fretes aéreos.

 

O coordenador distrital de saúde indígena de Parintins, José Augusto dos Santos Souza, enalteceu a importância da aquisição. "A contratação dos serviços de transporte aéreo permitirá a realização das atividades relacionadas aos programas de saúde do Ministério da Saúde, como disponibilização de equipes de saúde para atendimento, transporte de medicamentos, ações preventivas e de imunização, transporte de equipamentos básicos de infraestrutura, urgência e emergência, inclusive nas áreas mais remotas, e a manutenção das condições básicas necessárias à promoção da saúde indígena", afirmou.

 

"Ao garantir aeromobilidade às atividades desenvolvidas pelo DSEI, teremos maior resolutividade, principalmente nas remoções de pacientes graves, ademais, o longo período de deslocamento por via fluvial demonstra a ineficiência dos serviços prestados no que diz respeito a urgências e emergências", concluiu o coordenador.

 

Vagner Campos

Assessoria de Comunicação/Funai

Destaques

class=A Funai prorrogou a data de entrega das propostas da Chamada Pública nº 001/2019 para o dia 26 de abril. Serão beneficiadas aldeias indígenas próximas aos municípios de Marabá e Itaituba (PA), Tabatinga (AM), Palmas (TO) e Imperatriz (MA). Os recursos para a instituição que será selecionada somam o total de R$ 500 mil.

 

class=No início deste mês, pajés, rezadores, raizeiros e parteiras participaram de um encontro com agentes de saúde na aldeia Ipavu-Kamayurá, na Terra Indígena Parque do Xingu-MT. Durante os dias 5 a 8 de abril, o evento, que contou com a participação de diversos povos indígenas e parceiros, promoveu o compartilhamento de informações entre cuidadores, acordos entre pajés e agentes de saúde indígena e o fortalecimento do papel social, político e cultural dos pajés.

 

class=Com uma produção anual de aproximadamente 70 toneladas de camarão, o Povo Potiguara fortalece a carcinicultura desenvolvida por cerca de 100 famílias indígenas na Paraíba. Por temporada, a atividade fatura o equivalente a...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05