Nota da Funai sobre a situação envolvendo o povo Enawenê-nawê

A Funai repudia qualquer forma de violência como meio de manifestar posicionamento ou opinião. No último sábado (24), o indígena do povo Enawenê-nawê, Daliameali, foi baleado em um conflito com moradores do município de Brasnorte, estado do Mato Grosso.

 

Os indígenas ocupavam uma ponte sobre o rio Juruena, na MT-170, entre Brasnorte e Juína, em protesto pelo não cumprimento de um acordo entre eles e o governo do estado, quando houve o conflito. O acordo consistia na recuperação da estrada de acesso à aldeia.

 

Na tarde de domingo (25), os indígenas foram levados pela Funai de volta à terra indígena, a fim de evitar outros confrontos.

 

A Funai informa que vem acompanhando a situação do povo Enawenê-nawê e que acredita e trabalha no sentido de promover o diálogo entre o povo indígena, a sociedade e os poderes municipais e estadual para solucionar os problemas na região.

 

Fundação Nacional do Índio - Funai

Brasília-DF, 26 de outubro de 2015.

Destaques

class=Ao completar um ano à frente da Fundação Nacional do Índio (Funai), o presidente Marcelo Xavier destaca que o órgão soma avanços em inúmeras áreas. Entre elas, está a garantia da segurança alimentar dos povos...

class=A Fundação Nacional do Índio (Funai) já destinou mais de R$ 1,5 milhão a operações de fiscalização em Terras Indígenas relacionadas ao combate à covid-19. Ao todo, foram realizadas 184 ações em 71 Terras Indígenas...

class=Após seis reuniões do Grupo de Trabalho formado por representantes do governo federal, lideranças indígenas e pesquisadores, a versão final do Plano de Enfrentamento e Monitoramento da Covid-19 para Povos Indígenas...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05