Nota de Apoio

A Funai manifesta seu apoio à Mobilização da Articulação dos Povos e Comunidades Tradicionais que reúne indígenas, quilombolas, geraizeros, vazanteiros, pescadores artesanais e apanhadores de flores de diversos estados do Brasil.

 

Nesta segunda-feira, 5 de outubro, a Constituição chega ao seu 27º aniversário e as lideranças tradicionais estão reunidas para uma vigília, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara Federal, a fim de reivindicar a regularização e proteção de seus territórios e se opor à PEC 215/00, entre outras proposições legislativas que tramitam no Congresso e ameaçam direitos já consolidados pela Constituição de 1988.

 

A Funai considera legítima a mobilização dos povos e comunidades tradicionais naquela que é a Casa do Povo e repudia qualquer tentativa de violência que se oponha à democracia, ao direito de manifestação e à livre defesa das garantias previstas por nossa Constituição Cidadã.

 

Fundação Nacional do Índio

05.10.2015

Destaques

class=Com uma produção anual de aproximadamente 70 toneladas de camarão, o Povo Potiguara fortalece a carcinicultura desenvolvida por cerca de 100 famílias indígenas na Paraíba. Por temporada, a atividade fatura o equivalente a...

class=Acesso à rica pluralidade de modos de vida e às belezas naturais das regiões mais conservadas do país é um dos benefícios usufruídos pelos turistas que escolhem as terras indígenas como destino de suas viagens. Para além...

class=A Campanha Abril Indígena 2019 foi aberta hoje (17) na sede da Funai com o lançamento da obra de ficção "O Sopro da Vida - Putakaryy Kaykary", do indígena Kamuu Dan Wapichana. Estiveram presentes no evento o ministro da...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05