Nota de Apoio

A Funai manifesta seu apoio à Mobilização da Articulação dos Povos e Comunidades Tradicionais que reúne indígenas, quilombolas, geraizeros, vazanteiros, pescadores artesanais e apanhadores de flores de diversos estados do Brasil.

 

Nesta segunda-feira, 5 de outubro, a Constituição chega ao seu 27º aniversário e as lideranças tradicionais estão reunidas para uma vigília, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara Federal, a fim de reivindicar a regularização e proteção de seus territórios e se opor à PEC 215/00, entre outras proposições legislativas que tramitam no Congresso e ameaçam direitos já consolidados pela Constituição de 1988.

 

A Funai considera legítima a mobilização dos povos e comunidades tradicionais naquela que é a Casa do Povo e repudia qualquer tentativa de violência que se oponha à democracia, ao direito de manifestação e à livre defesa das garantias previstas por nossa Constituição Cidadã.

 

Fundação Nacional do Índio

05.10.2015

Destaques

class=A Polícia Federal iniciou a deflagração simultânea de duas operações policiais nesta manhã (17/06/2019), no bojo da ação denominada SOS Karipuna, com o objetivo de desarticular organizações criminosas instaladas na...

class=Após seis anos de implantação do Projeto Babaçu Toroya, a Aldeia Iratana do Povo Paiter Suruí inicia a ampliação do cultivo de babaçu. O resultado é o processamento da produção e a geração de renda para os cerca de...

class=O Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (14) publicou a exoneração do general Franklimberg de Freitas do cargo de presidente da Fundação Nacional do Índio. No lugar dele, interinamente, assume Fernando Maurício...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05